Marketing Digital do zero: Um guia completo para iniciantes

Iniciando uma Estratégia de Marketing Digital do zero

Se você sempre teve aquela vontade de iniciar a produção de marketing digital do zero para o seu negócio, marca ou projeto pessoal mas nunca gosta dos resultados, então está na hora de mudar essa história.

O que era uma promessa hoje, em 2020, já é uma realidade. O Marketing Digital já faz parte das nossas vidas, querendo ou não.

As informações e os dados mudaram a forma como nós vivemos, nos relacionamos e principalmente compramos e vendemos produtos e serviços.

A média do brasileiro é passar nove horas conectadas a internet e pelo menos três horas conectado em seu Smartphone.

Isso apenas reforça a gigantesca importância de se comunicar onde o seu público-alvo, ou melhor, sua persona está.

Esse artigo ajudará você a criar uma estrutura de marketing digital do zero entendendo e conseguindo aplicar os conceitos mais importantes focando em uma única coisa: Marketing para gerar resultado!

Como começar do zero: Aprendendo Marketing Digital

Como o objetivo desse artigo é fazer com que você pegue rapidamente os conceitos mas já consiga aplicá-lo à prática eu não vou ficar preso às questões educacionais profundas.

História do Marketing Digital

Por volta dos anos 2000 esse termo se começou a popularizar e já tem quase 20 anos que a presença dessa forma de atrair e engajar novos clientes e usuários de produto só aumenta.

Muitas empresas e pessoas já construíram carreira e conquistaram lucros inimagináveis com essa modalidade de se fazer Marketing que só foi possível graças à internet.

Se você buscar pelo termo na internet encontrará diferentes definições e opiniões. 

Porém eu vou apresentar a forma como eu abordo o marketing digital nas minhas técnicas e metologias:

Marketing Digital é um conjunto de técnicas, estratégias e informações que possuem um único objetivo: gerar resultado. Um marketing efetivo e cria um resultado positivo para marcas, empresas e pessoas.

Quer aprender a gerar mais resultados para você, sua empresa ou sua marca? Então você está no caminho certo!

Continue que vou te mostrar como pavimentar essa estrada em direção ao sucesso.

O Crescimento do Marketing Digital

O Marketing Digital teve dois catalizadores em sua história recente: a internet e as redes sociais.

Quanto mais rápido conseguimos navegar, transferir dados e interagir mais fácil temos acesso à informação e isso leva a uma tomada de decisão mais rápida e efetiva.

Antes ficávamos sujeitos as programações de rádio e televisão e não podíamos ter o poder de acessar o que gostaríamos no momento em que queríamos.

Esse fator levou ao segundo impulso que foi movido pelas redes sociais, sites e blogs que permitiram fazer com que as pessoas fossem de encontro às suas necessidades e objetivos.

Dados e estatísticas de Marketing Digital em 2020 para você crescer

Separei algumas estatísticas para te mostrar como o Marketing Digital vem ganhando força e te ajudar nas suas decisões na hora de começar:

  • 85% dos cliques resultantes de uma procura são de links orgânicos. (não pagos) (Unbounce)
  • 80% é o quanto anunciar em redes de pesquisa pode aumentar o conhecimento da sua marca (Google)
  • 62% é o quanto Marketing de Conteúdo é mais barato do que o Marketing Tradicional. E ainda gera 3 vezes mais leads (NeilPatel)
  • 53% das empresas tem o blog como a principal ferramenta de Inbound Marketing (Smart Insights)
  • 45% das pessoas abandonam o conteúdo quando não abre corretamente no celular (Forbes)
  • 60% dos profissionais marketing criam pelo menos um conteúdo por dia (eMarketer)
  • 90% das marcas usam as Redes Sociais para aumentar o conhecimento de marca (Hootsuite)

Principais conceitos de Marketing Digital

Se você for conversar com um especialista em qualquer profissão você ouvirá termos que precisará entender para ter uma comunicação eficaz.

No Marketing Digital não é diferente, existem vários termos (muitos deles em inglês) que muitos profissionais e especialistas utilizam para se comunicar de maneira eficiente. 

Eu vou te apresentar agora os principais conceitos de forma simples e fácil:

O que é uma Lead?

Uma lead é toda pessoa que interage com sua marca ou negócio e te fornece dados de contato. Nesse caso você tem uma oportunidade de negócio

Em uma estratégia de Marketing Digital você conduz a sua lead, ou oportunidade, através de uma jornada até o momento da compra.

O que é uma Jornada do Cliente ou Buyer Journey?

A jornada do cliente é o conceito que aborda a trajetória desde o primeiro contato ter se tornado uma lead até a realização do seu objetivo.

Esse caminho normalmente é representado por um funil de vendas, com topo, meio e fundo e termina na compra de um produto/serviço ou um fechamento de negócio.

O que é Inbound Marketing?

De forma simples e resumida Inbound Marketing é uma estratégia que coloca a necessidade do cliente como foco, não mais o produto ou o serviço do seu negócio. 

E isso é feito através de uma estratégia de conteúdo para atrair, engajar e fidelizar pessoas.

O que é o Funil de Marketing?

O funil de Marketing faz parte de uma estratégia de Inbound Marketing pela Jornada do Cliente. 

Ou seja, conteúdos que atraem as pessoas fornecendo conteúdos e informações para que elas tomem as melhores decisões. 

Dentro desses conteúdos eles podem ser divididos em:

1 – Topo do funil: Etapa de atração, identifica problemas e apresenta possibilidades de soluções

2 – Meio do funil: Etapa de consciência e consideração, resolve dúvidas e apresenta soluções

3 – Fundo do funil: Etapa de decisão, as leads decidem a solução para resolver o seu problema.

O que é uma Landing page?

Landing Pages são as páginas que são totalmente focadas na conversão dos visitantes em oportunidades de venda (Leads).

Para que essa conversão aconteça você precisa ter o seu cliente como foco e criar uma oferta de valor para sua persona.

O que é uma persona?

A persona é uma representação fictícia do seu cliente ideal e é usado para uma maior precisão se comparado ao seu público-alvo pois você define o comportamento, as características e necessidades do seu cliente.

O que é SEO (Search Engine Optimization)?

SEO ou Otimização para Mecanismos de Busca é um conjunto de ações e fatores que vão fazer o seu site ser posicionado nas primeiras posições das plataformas de pesquisa como Google e Youtube.

O que é um CTA (Call to Action)?

Um CTA é uma Chamada para Ação, você define o seu CTA quando constrói a jornada do seu cliente.

São chamadas para você conduzir sua lead para as ações que você espera que ele faça, convertendo até chegar ao seu objetivo final.

O CTA pode ser feito com textos, botões e imagens.

Essas são as definições que eu acredito serem as mais importantes para você seguir nesse aprendizado para gerar resultados.

Defina o seu objetivo​

A primeira coisa é definir o seu objetivo, isso mesmo, apenas um. De todas as ideias incríveis que você quer conseguir realizar, qual o principal objetivo que você quer alcançar?

Esse objetivo vai te permitir mensurar futuramente se as suas ações estão te levando ao resultado ou está apenas tomando o seu tempo e dinheiro.

Se você já leu o meu post relacionado a OKR (Objective Key Results), você já sabe que todo objetivo precisa ser traduzido em números, afinal, você precisa medir dados em uma estratégia eficiente.

Então, para facilitar sua vida vou te mandar alguns exemplos de objetivos que podem te ajudar nessa fase:

  • Vender para 100 clientes em 1 ano

  • Realizar o meu serviço para 200 clientes em 2 anos

  • Ter uma base de 1000 leads (contatos) que interajam com minha marca em 18 meses

  • Receber o contato de 20 novos clientes esse mês

  • Fazer com que mais pessoas conheçam minha marca alcançando 10.000 seguidores no Instagram até Julho de 2020

Crie objetivos utilizando a metodologia SMART

Uma ótima maneira para definir os seus objetivos é usar a Metodologia de metas SMART.

Com essa metologia você vai ter mais clareza e foco para saber onde você quer chegar.

Muitas pessoas e empresas falham exatamente nesse ponto pois criam resoluções e objetivos vagos, sem a especificação correta, e por isso, falham.

Você já deve ter ouvido aquela frase: “Quem não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve”.

Então defina onde você quer estar daqui a um, dois, três anos usando metas SMART:

  • Specific – Específica

  • Measurable – Mensurável

  • Achievable – Alcançável

  • Relevant – Relevante

  • Timebound – Temporal

Se você especificou bem sua meta, você consegue mensurar se alcançou o objetivo, isso é algo que você realmente consegue fazer e é relevante para o seu negócio.

Então você está no caminho certo!

Crie a sua persona

Você precisa criar uma persona para ter sucesso na sua estratégia.

E isso é muito importante porque o marketing digital, sendo mais específico, o Inbound Marketing, te permite comunicar de maneira unilateral com o seu cliente.

Isso te dá a possibilidade de adaptar toda a sua comunicação como imagens, tom de voz, formalidade, horário e tipo de conteúdo que o a sua persona prefere.

Dessa forma, comunicando da maneira correta, o seu cliente estará mais apto a ter empatia com sua marca e a fazer negócio com você.

Vou colocar aqui um exemplo de persona para você entender como se cria uma:

O que é persona
Créditos da imagem: Rock Content

Se você ficou com vontade de criar uma persona completa e bonita igual essa para imprimir e emoldurar na parede ou simplesmente salvar no seu computador, basta seguir o passo a passo do:

Essa ferramenta criada pela Rock Content em parceria com a Resultados Digitais facilita bastante sua vida.

Vantagens do Marketing Digital

Vou te propor um desafio, vá para algum lugar público. 

Um shopping, uma praça, um restaurante ou barzinho. 

Agora ande por apenas um minuto e tente não encontrar pelo menos uma pessoa olhando para uma tela. 

Isso pode ser até fonte de polêmicas para outros tópicos, mas aqui vou abordar apenas o fato que claramente o marketing digital está presente em nossas vidas todos os dias.

E o que as estatísticas mostram são os números de pessoas conectadas só crescendo, ou seja, sua solução precisa estar presente nesse jeito de se fazer marketing.

Mensurar e analisar tudo

Eu nasci em 1991 e durante toda a minha infância voltando da escola, que era uma trajetória de 30 a 40 minutos, meu caminho era repleto de outdoors.

Quando um dono de empresa anunciava no outdoor ele não tinha como saber exatamente quantas pessoas viram seu anúncio, quantas pessoas comentaram sobre ele e nem quantas pessoas compraram sua solução por causa daquele anúncio. Não tinha como mensurar.

Essa é uma das principais vantagens de se fazer uma estratégia de Marketing Digital do zero. Você vai conseguir medir todas as ações e mensurar os resultados buscando a melhora contínua do seu negócio.

A obtenção de dados permite que você tome decisões melhores para sua marca e seu negócio.

Com isso, hoje algumas métricas que ficavam apenas no feeling (sentimento) hoje são traduzidas em telas e te permite calcular as principais métricas para seu negócio.

Mensurar e analisar

6 Principais métricas de Marketing Digital

Selecionei as principais métricas para você conseguir mensurar e ter uma visão com dados que vão te indicar a melhor decisão para seu negócio e conseguir alcançar uma melhoria contínua:

Quanto você gasta para adquirir um novo cliente.

CAC = Soma dos investimentos da campanha / Número de clientes adquiridos

Qual o retorno de capital sobre o valor investido.

ROI = (Receita obtida – valor investido) / valor investido

Quanto cada cliente seu gasta, em média.

Ticket médio semanal = Receita da semana / Número de clientes da semana

Receita média que cada cliente gera para a sua empresa ao longo do tempo que vocês fazem negócios.

LTV = Ticket médio mensal x Tempo médio de retenção de cada cliente

Números de cliques que seu anúncio recebeu na internet. Normalmente é usado em forma de porcentagem.

CTR (%) = (Número de cliques do seu anúncio/Número de impressões do anúncio) x 100

Essa métrica é utilizada para mensurar os investimentos que você faz para adquirir uma nova lead.

CPL = Investimento total na campanha / Número de leads gerados

Interação

Vamos continuar seguindo o exemplo do Outdoor, você consegue interagir com ele?

Adianta mandar mensagem, falar que viu ou gritar para ele?

Pois é, com estratégias de Marketing Tradicional as marcas e empresas são distantes da sua persona, do seu público-alvo.

Quando pensamos nas soluções de Marketing Digital que temos atualmente percebemos que essa interação é rápida, tecnológica e efetiva.

Podemos enviar um Stories no Instagram para as empresas e ser respondido em segundos.

Conseguimos tirar uma dúvida em um FAQ e decidir pela compra.

A interação das ferramentas de Marketing Digital permite criar uma conversa próxima, e em escala, do seu negócio com o seu cliente.

Eu escrevi aqui um artigo explicando porque na sua estratégia de Marketing Digital em 2020 você precisa investir em conteúdo interativo.

Elimine as barreiras físicas

Nós estamos em 2020. É totalmente possível você criar um conteúdo em Inglês e vender para pessoas que estão em outros países utilizando a internet.

A barreira física que colocava limites na hora de criar conteúdo e vender produtos e serviços está desaparecendo graças aos avanços da tecnologia.

Porém não adianta só produzir algo que será consumido no mundo inteiro, você precisará comunicar, gerar interesse, criar atração e converter.

E para isso você poderá utilizar das principais estratégias de Marketing Digital em qualquer lugar do mundo para qualquer lugar do mundo.

Hoje com algumas formas como o Marketing de Afiliados (explico essa estratégia no artigo) e você consegue ganhar dinheiro com marketing digital em outro país sem ao menos conhecê-lo.

Isso é incrível!

Segmentação

As empresas estão nos ouvindo?

Essa pergunta é cada vez mais frequente.

As soluções estão cada vez mais otimizadas para as nossas cidades.

Isso acontece devido a capacidade que uma estratégia de Marketing Digital tem para segmentar uma campanha.

Se você consegue acesso aos dados dos usuários você vai conseguir aumentar de forma considerável os seus resultados.

Imagine um negócio exotérico que envia conteúdos sobre os signos das pessoas.

Ela cria uma base de contatos (leads) com a informação da data de nascimento.

Com a data ela tem o signo da sua base e pode mandar dicas e conteúdos totalmente personalizado para cada pessoa.

O resultado disso é o seu negócio entregando mais valor para sua persona e no fim você tem uma grande probabilidade de obter mais receita vendendo seu produto ou serviço.

A evolução do Marketing Digital

O que não é mais novidade é que o Marketing é uma ciência que age baseada no comportamento humano.

E por esse motivo ele muda tanto, pois nós, consumidores, estamos o tempo todo mudando o nosso comportamento.

Isso engloba a maneira como vivemos, nos comunicamos e consumimos.

No século XX o Antigo Marketing funcionava com foco no produto.

Hoje o Novo Marketing já é criado com foco no consumidor.

Por essa razão os especialistas entendem que já enfrentamos algumas evoluções que foram denominadas de:

O Marketing já passou pelos estágios 1.0; 2.0 e 3.0 e agora em 2020 chegamos no cenário do Marketing 4.0. 

Esse conceito foi definido por Philip Kotler, um dos mais renomados professores da administração moderna.

Entenda agora como essa transformação aconteceu e como os negócios se adaptaram à elas.

O que foi o Marketing 1.0

Nesse estágio onde existiam poucas opções de produtos e serviços no mercado as empresas eram focadas em seus próprios serviços e produtos

E os consumidores se contentavam com o que era oferecido pelas empresas da época.

O que foi o Marketing 2.0

No Marketing 2.0 temos mais empresas, mais produtos e mais concorrência. O conceito de marca e segmentação surgem de maneira mais forte e as empresas começam a olhar para um público-alvo.

O que foi o Marketing 3.0

Em um cenário recente, tínhamos o Marketing 3.0 em que a palavra era a personalização. Onde cada consumidor era tratado como um indivíduo único e as empresas apresentavam soluções cada vez mais customizadas.

Além das soluções, as empresas começaram a ter a marca posicionada com causas e questões públicas que os seus consumidores defendiam.

O que é o Marketing 4.0

Esse é o nosso cenário atual segundo Kotler, onde as empresas e soluções continuam tendo o ser humano como foco das atenções mas a tecnologia assume o protagonismo nesse cenário.

As empresas precisam focar ainda mais no entendimento das necessidades e problemas de cada indivíduo e atingi-los através da Tecnologia e Marketing Digital para gerar valor.

Nesse cenário, não são mais as marcas que criam suas reputações, e sim a opinião do indivíduo, de consumidores com voz ativas nas novas tecnologias que vão definir a percepção sobre uma marca ou produto.

Trazendo para uma realidade mais próxima a nossa é o que os influenciadores digitais já estão fazendo, usando plataformas como o Instagram para emitir opiniões públicas e encorajar novas pessoas a consumirem produtos ou contratarem serviços.

Marketing 4.0

4P's do Marketing

Segmentar seu negócio para mostrar no local correto com a abordagem correta para o cliente ideal é o sonho de todos.

Esse sonho pode se tornar realidade se conseguirmos unir teoria e prática.

Não é porque o Marketing evoluiu de 1.0 para 4.0 que tudo que era feito antes se tornou errado. O conhecimento apenas evoluiu, mas em todos os estágios temos bons aprendizados.

Os 4 P’s do Marketing ou o Mix de Marketing é um conceito tradicional e muito atribuído quando discutimos marketing offline. São eles:

 

Conheça os 4 P's do Marketing
Créditos da imagem: Marketing 365

Os 4 P's também evoluíram e hoje temos 8P's do Marketing

Evoluindo do conceito tradicional e já entendendo a evolução de Marketing 1.0 para 4.0 outros conceitos tiveram que ser incluídos e hoje para termos sucesso em uma estratégia de Marketing, precisamos considerar:

1 – Preço
2 – Praça
3 – Produto
4 – Promoção
5 – Pessoas
6 – Processos
7 – Posicionamento
8 – Performance

E então com esses novos 4 P’s para o marketing nós vemos a inclusão do Marketing Digital de forma concreta.

Estratégias de Marketing Digital

Nós não estamos vivendo o início do Marketing Digital, e por esse motivo já temos muito conteúdo disponível na internet. 

Provavelmente tudo que você perguntar ao Google hoje encontrará uma resposta, ou então algo muito próximo que vai te ajudar na sua busca.

Muitas pessoas já conquistaram um lugar ao sol e realizaram lucros enormes com estratégias que estavam nascendo anos atrás.

Porém hoje é um mercado que existe sim concorrência, e por esse motivo surgiram diferentes estratégias para se chegar a objetivos comuns.

Essas estratégias surgiram como forma de diferenciação mas buscando sempre um resultado mais eficiente

Se você está iniciando agora e quer saber qual o melhor caminho seguir ou qual estratégia vai ser melhor para o seu negócio, eu vou te ajudar.

Inbound Marketing

Como já definimos o que é Inbound Marketing nos conceitos eu vou direto para a parte da estratégia.

Uma estratégia de Inbound eficiente começa com entendendo muito bem o seu consumidor, criando a sua persona.

A partir daí com seus desejos e necessidades entendidos você precisará gerar conteúdos de valor para que eles interajam com sua marca e negócio.

Dessa interação, onde você oferece algo que é útil para eles, esse contato passará a ser uma oportunidade de venda, ou seja, uma lead na sua base de contatos.

Agora que você tem uma lead estabelecida na sua base você deve conduzir uma jornada de compra utilizando um fluxo de nutrição e convidando ações por meio de um CTA.

Em toda a jornada do cliente, lembre-se de manter sua lead como o centro das suas ações e produções de conteúdo. 

Toda a sua estratégia precisa ter o cliente como centro das suas atenções.

Marketing de conteúdo

O cenário perfeito dentro de qualquer estratégia de Marketing de Conteúdo é quando conseguimos apresentar a solução ideal, para um cliente ideal, no momento ideal.

Como conseguimos isso? Com uma estratégia de produção de conteúdo.

Com uma estratégia de Marketing de Conteúdo bem elaborada você vai conseguir apresentar o melhor conteúdo para sua persona no momento correto da jornada do seu cliente.

Você consegue operacionalizar essa estratégia criando conteúdos valiosos e relevantes.

Assim, conseguirá converter um visitante em lead e um comprador em promotor da sua marca.

É importante que você saiba também determinar o canal de distribuição desse conteúdo, afinal, não adianta produzir o melhor conteúdo se você não souber divulgá-lo.

As formas mais comuns de ter sucesso com Marketing de Conteúdo são:

1 – Blog
2 – E-mail
3 – Newsletter
4 – Site Institucional
5 – Redes Sociais
6 – Conteúdos interativos

Marketing de Afiliados

Essa é uma modalidade que tem crescido muito nos últimos anos, e o motivo disso ter acontecido é devido a oportunidade de se ganhar dinheiro sem precisar de grandes investimentos.

O Marketing de Afiliados consiste em promover um conteúdo que foi produzido por outra pessoa ou empresa.

E com a venda e sucesso desse produto digital (eBook, curso, etc.) você fica com uma parte representada por uma comissão.

Muitas pessoas estão se especializando nessa estratégia de Marketing Digital e criando vários nichos dentro dela. 

Se especializando em afiliado de produto para emagrecimento, por exemplo.

Você pode escolher entre duas modalidades: Produtor ou Afiliado. Decida quem você quer ser baseado no seu perfil.

Se você tem mais conhecimento técnico de otimização e anúncios é melhor você trabalhar como afiliado.

Se você tem conteúdo para gerar valor para outras pessoas então invista em técnicas de oratória e produção de conteúdo online como eBooks e Cursos Online e se torne um produtor.

Melhores plataformas de Afiliados no Brasil

O mercado de afiliação no Brasil em 2020 está bastante aquecido. E ele é liderado por duas principais empresas.

A Hotmart que é uma das principais empresas digitais no Brasil e é focada em venda de cursos.

E a Monetizze que tem uma parte analítica muito boa para você mensurar todo o seu trabalho e como consequência conseguir melhorar os seus resultados para vender mais.

Estratégia de SEM - Search Engine Marketing ou Marketing dos Mecanismos de Busca

Por mais que você acha que saiba tudo sobre Marketing Digital, sempre terá novos desafios e novas especialidades para você trabalhar.

Essa estratégia consiste em duas vertentes:

A primeira é de entender os algoritmos e técnicas dos buscadores para tentar conseguir os primeiros lugares na busca dos seus clientes de forma orgânica.

E a segunda é criando links patrocinados efetivos com ótima conversão de cliques.

É uma estratégia que vai fazer com que o cliente te encontre, de maneira fácil, quando ele tiver buscando por uma solução.

Utilizando o seu tempo e técnicas profundas de SEO e otimização você vai conseguir com o tempo ir colocando as suas páginas no topo da busca dos pesquisadores como Google, Youtube e Bing.

Você já viu antes que SEO que significa Search Engine Optimization é o conjunto de ações e fatores para rankear nos mecanismos de busca.

E por isso podemos dizer que o SEO está contido na estratégia SEM – Search Engine Marketing.

search engine marketing

Marketing de anúncios ou Mídia Paga

Um anúncio de mídia paga faz você mesmo no estágio zero de uma estratégia de conteúdo alcançar uma audiência em troca de capital investido.

Um anúncio ideal, bem otimizado, é aquele que consegue criar uma oferta atraente para pessoas corretas no momento exato.

Seu principal benefício é conseguir segmentar o público e mensurar todos os dados da campanha.

Alguns outros benefícios de uma mídia paga são:

1 – Direcionamento de público
2 – Vendas em um curto período
3 – Controle da comunicação
4 – Alcance global

Vou explicar as principais plataformas de anúncios pagos:

Facebook e Instagram Ads

O Facebook ainda é a maior força em termos de rede social.

A plataforma conta com o maior número de usuários ativos por mês em todo o mundo, são mais de 1 bilhão de pessoas que acessam.

Os números são realmente impressionantes, em termos de visualizações a plataforma atinge mais de um trilhão.

Estima-se que quase 50% das pessoas que navegam na internet possuem uma conta no Facebook.

Já o Instagram é a rede social que mais cresce em todo mundo.

Acredito que em breve, continuando essa curva de crescimento vai ultrapassar até mesmo o Facebook.

Caso ainda não saiba, o Facebook adquiriu o Instagram em 2012, então você consegue criar campanha para as duas plataformas de um mesmo lugar.

Acho que com esses números você percebeu que existe grande chance de uma parte da sua audiência estar por aqui.

Porém, lembre-se que é necessário entender bem o seu objetivo e sua persona na hora de decidir em qual canal de mídia paga você irá investir.

A principal vantagem de usar o Facebook ou Instagram para mídia paga é quando você deseja segmentar sua audiência, porque com os dados de usuários das plataformas é possível direcionar anúncios para sua persona.

Só não se esqueça de sempre mensurar os dados e avaliar o ROI das suas campanhas.

Se ficou interessado em criar uma campanha paga para Facebook ou Instagram você pode aprender na Central de Ajuda e Negócios do Facebook.

Google Ads ou Google Adwords

A ferramenta para ser encontrado nas pesquisas do Google de forma paga existe desde os anos 2000 e vem sendo aperfeiçoada há 20 anos.

Sua audiência e resultado é indiscutível, afinal, quase todo usuário da internet acessa o Google diariamente.

O buscador investe constantemente na melhoria da sua tecnologia utilizando inteligência artificial para aprender melhor a intenção de busca dos seus usuários.

Eu recomendo investir no Google Ads quando você deseja fazer uma venda de curto-prazo, oferecendo uma oferta em que o cliente já está buscando.

Ou seja, conteúdos/ofertas de meio e fundo de funil.

Onde o prospect já estará perto do processo de tomada de decisão.

Se você quiser aprender o passo-a-passo de como criar uma campanha no Google eu recomendo a leitura desse Guia Completo produzido pela empresa Resultados Digitais.

Youtube Ads

Quem nunca foi assistir um vídeo no Youtube e se deparou com uma propaganda antes do vídeo começar?

Em 2019 tivemos um meme chamado Betina que ilustrou bem essa situação.

betina - meme
Meme Betina - 2019 - Youtube

Pois é, esse vídeo faz parte da estratégia de publicidade paga do Google para o Youtube.

Antes de explicar sobre o Youtube Ads eu quero te contar uma curiosidade. 

Você sabia que depois do Google, o segundo maior buscador da internet já é o Youtube? Pois é, as pessoas utilizam o Youtube para buscar informações, tirar dúvidas e buscar soluções.

O site eMarketer publicou que 80% das pessoas no Brasil assistiram um anúncio e quase metade deles interagiram com a publicidade.

Por esse motivo se sua estratégia de Marketing inclui produção de conteúdo em formato de vídeo você pode considerar investir no Youtube para aumentar sua audiência e ter resultados de forma mais rápida.

Como o Instagram é do Facebook, o Youtube é do Google. Então caso você queira criar uma campanha paga você poderá utilizar o Google Ads para isso.

Quer aprender com detalhes como criar um anúncio no Youtube do zero? Então dá uma olhada nesse artigo do Neil Patel para ter mais detalhes.

Twitch.TV

A Twitch é a maior plataforma de transmissão de Games do mundo.

Se o seu público é adolescente, nerd ou gamer essa plataforma pode te ajudar a alavancar de maneira muito rápida o seu negócio.

A Twitch possui mais de 15 milhões de usuários ativos diariamente e possui 355 bilhões de minutos assistidos em transmissões ao vivo.

Na plataforma você consegue segmentar por perfil de jogo e perfil de usuário, então caso você entenda bem e esteja inserido nesse mercado é uma ótima oportunidade para alavancar seu negócio.

No próprio site da Twitch você encontra as opções para investir em mídia paga.

Marketing Pessoal

Se o seu objetivo é promover sua marca pessoal e não um negócio é importante você entender a melhor maneira de fazer isso.

Essa estratégia é focada em profissionais autônomos e freelancers pois precisam de atrair novos clientes de forma constante.

A autoridade é um dos principais objetivos dessa estratégia.

Você poderá usar da sua influência ao seu favor, produzindo conteúdo para levar seus seguidores a uma tomar uma decisão que você queira de forma estratégica.

Isso pode refletir em vendas de cursos, propagandas ou se tornar um influenciador digital.

Se o seu objetivo é ser referência no seu mercado, criar autoridade para o seu nome ou influenciar outras pessoas de maneira estratégia então você deve considerar aprofundar seus conhecimentos de Marketing Pessoal.

E-mail Marketing

Desde que eu comecei a trabalhar com Marketing Digital em 2014 eu escuto falarem que o e-mail é uma estratégia que vai morrer.

E o incrível é que ela nunca morre e só cresce e melhora.

O e-mail é uma ferramenta incrível pois te permite comunicar de forma única com sua lead e mensurar todos os seus resultados.

Se o seu negócio é B2B, ou seja, você tem uma solução que vende para empresas, então você deve considerar seriamente incluir essa estratégia nas suas ações.

Pois o e-mail tem uma comunicação profissional e pode ter diversos objetivo como informar, gerar vendas, apresentar novidades e reforçar a sua marca.

O primeiro passo é criar uma audiência engajada. Para isso você deverá complementar com alguma outra estratégia, como um site institucional ou um blog.

Para uma estratégia de sucesso é bom que você tenha um software de automação de marketing. 

Assim você pode criar fluxos de nutrição, nesses fluxos a sua lead receberá e-mails personalizados e automatizados em cada etapa do processo.

E-mail marketing

Automação de Marketing

A beleza do Marketing Digital é você conseguir escalar uma comunicação personalizada para milhares e até milhões de pessoas.

Mas é claro que a gestão de tudo isso não é simples.

Para rastrear todas as informações, registros e ações você precisará do auxílio de um software. Com ele você poderá programar as suas ações.

Essas ações podem acontecer de acordo com sua vontade, como uma programação de posts para a semana.

Ou então programar pelo comportamento de um usuário com suas campanhas. Isso acontece quando alguém baixa um eBook na internet e te fornece os dados.

Você consegue programar uma sequência de interação da sua marca com essa pessoa para receber e-mail nos próximos dias.

Dessa forma você consegue utilizar a segmentação a seu favor. Podendo personalizar o conteúdo de acordo com a persona e o estágio do funil.

Melhores ferramentas de Automação de Marketing

1RD Station: Principal software de uma das maiores empresas de Marketing Digital do Brasil. É referência no país e eu considero uma ferramenta com uma boa usabilidade para iniciantes.
A ferramenta é 100% em português e você consegue começar com planos com bom preço e ir evoluindo a medida que sua base de contatos cresce.

2 – Hubspot: Na minha opinião é o melhor software do mercado. Um software atualizado em todas as melhores tendências de mercado. Fornecimento e análise de dados impecável e ainda conta com um CRM grátis para fortalecer o seu time de vendas. O ponto a ser estudado é o preço.

3 – Leadlovers: Essa é uma ferramenta de automação que é focada em vendas online, muito utilizada por pessoas que buscam a estratégia de Marketing de Afiliados devido as suas integrações.

4 – Mailchimp: Uma das ferramentas mais completas de marketing digital. Totalmente focada em performance de e-mail e construção de listas segmentadas. Você consegue utilizar uma conta gratuita e possui várias integrações de fácil acesso.

5 – Autopilot: Eu já usei essa ferramenta por um bom tempo e recomendo muito! Ela é ótima para criar fluxos de nutrição e fluxos automatizados complexos com uma visão de projeto. Vale ressaltar que é uma ferramenta toda em inglês e não é muito amigável para quem está começando no Marketing Digital.

6 – Mautic: Uma ferramenta Open Source com ótimo custo-benefício, mas é necessário conhecimentos mais avançados de Marketing e até de programação para uma utilização de sucesso.

Otimização de conversão - CRO

A estratégia de Otimização para Conversão ou Conversion Rate Optimization (CRO) é usada para melhorar e potencializar os atuais resultados do seu negócio.

A ideia aqui é pegar tudo que você já faz e tem de resultado e tentar melhorar.

Isso pode ser feito em diversos tópicos mas é essencial que tenha uma mensuração eficiente para saber o resultado do seu trabalho. 

Ou seja, qual era o resultado antes da otimização e o quanto esse trabalho melhorou a performance.

Esse trabalho é divido em fases que podem ser representadas por:

1 – Pesquisa: Identificar onde na sua estratégia de Marketing pode se melhorar
2 – Hipótese: Hipóteses que indicam uma possível melhora
3 – Priorização: Criação de um planejamento e priorização de tarefas
4 – Teste: Criar um teste (normalmente A/B) para testar se vai ter uma melhora no novo processo com relação ao que já existe
5 – Fase de aprendizado: Se o resultado for positivo, implementar. Caso não seja, pegar o aprendizado para as próximas otimizações.

Tenha um blog em 2020: Aprendendo tudo do zero

Estudando o curso de Sales Enablement da Hubspot eu descobri um dado muito importante. 72% das pessoas já tomam a decisão de comprar uma solução antes de conversar com a pessoa responsável pelas vendas.

Isso acontece porque a internet permitiu que a informação chegue mais rápido e com mais precisão ao consumidor.

Conseguimos encontrar todas as informações que buscamos pelo celular em poucos segundos.

A estratégia das Redes Sociais que você acabou de ler no tópico acima tem uma função essencial para mostrar sua solução e sua marca para o mercado.

Mas quando pensamos em iniciar um relacionamento com o cliente precisamos pensar no blog como a principal alternativa.

Comunique o que seu público quer e precisa

Esse é o erro número um das pessoas que iniciam uma comunicação corporativa para divulgar seu serviço ou produto.

Para se iniciar um relacionamento com o seu cliente antes que você fale de você é necessário que você entenda o que o seu cliente quer, quais são as necessidades dele e qual conteúdo ele procura.

Coloque 100% de foco nas necessidades da sua persona para planejar e criar conteúdos que vão ser relevantes para seu público. Entendeu o objetivo do blog?

Então vamos para a parte prática.

Como criar um Blog

Criar um Blog em uma estratégia de Marketing Digital em 2020 está muito mais fácil devido aos avanços das tecnologias e as ferramentas disponíveis.

Ainda continuam tendo várias etapas para aprender mas vamos passar por todas elas.

Você precisará escolher o nome que possui um domínio disponível na internet, ter uma hospedagem, escolher a plataforma (CMS), decidir os melhores temas com plugins adaptados e ao final criar conteúdos otimizados para SEO com o propósito de converter leads.

Muita coisa não é mesmo? Mas calma. Tudo tem um ponto de partida.

E eu estou aqui para te ajudar e tornar sua vida mais simples em todas essas etapas.

Nome e Domínio

O nome do seu Blog precisa ter relação com o domínio. O domínio é o conjunto de letras que forma o site.

O ideal é que o seu blog siga o nome do seu negócio. Como no meu caso por exemplo: 
Meu nome: Rafael Milagre
Meu domínio: rafaelmilagre.com.br

Dessa forma você facilita para que seu público e os buscadores identifiquem o seu negócio de maneira mais fácil.

Para registrar um domínio é necessário que ele esteja disponível para a compra, o valor é cerca de quarenta reais.

Todos os domínios que eu possuo foram criados e registrados no site REGISTRO.BR

Basta entrar no site e pesquisar o domínio que você deseja e ele vai te informar se você poderá utilizá-lo ou não.

registro br
Página inicial do site REGISTRO.BR

Dica para criar um novo domínio:
Sempre escolha a categoria .com ou .com.br

Decida por uma plataforma (CMS) para criar o seu Blog

O seu Blog ficará hospedado em uma plataforma, essa plataforma é onde você fará a gestão dos conteúdos, publicará os posts e fará toda a otimização do conteúdo para SEO.

É muito comum você ler sobre essas plataformas como CMS que é a sigla para Sistema de Gerenciamento de Conteúdo ou em inglês Content Management System.

As plataformas mais conhecidas hoje são:

  • WordPress – A melhor plataforma e a mais usada no mundo, possui mais da metade do mercado de CMS. Existem infinitas possibilidades de customização e plugins que vão te ajudar a fazer tudo de maneira muito simples. E é gratuito.

  • WIX – Empresa israelense fundada em 2006 que é focada na criação de sites e e-commerce. Para remover as propagandas da plataforma é necessário pagar.

  • Squarespace – Plataforma focada em conteúdo visual e de design. Ótimo se você é designer, videomaker ou fotógrafo. O preço é um fator desfavorável.

  • Blogger – Se você é das antigas na internet esse era o Blogpost, essa plataforma é do Google mas eu acho a plataforma confusa e bastante limitada. A plataforma é grátis caso você use Google Apps.

  • Drupal – Não recomendo. Plataforma é difícil de operar e não vale o esforço.

Hospedagem do Blog

Para o seu blog ficar online, o seu domínio e a sua plataforma precisam estar hospedados em um servidor.

Os principais servidores do mercado são:

  • Greengeeks – Sou cliente deles e acho bastante intuitiva e fácil.

  • GoDaddy – Um dos mais famosos do mundo. Também sou cliente, o curioso é que o suporte deles é bastante ativo e te ajuda a desenvolver seu site/blog.

  • Hostgator – Empresa brasileira com boa reputação no mercado.

  • RockStage – Diferente dos outros acima essa hospedagem da Rock Content é específica para WordPress. Possui um diferencial de mercado incrível que é você poder iniciar de graça até você ter as primeiras 1.000 visitas.

tabela de preço - Rock Stage
Planos e Preços - Rock Stage

Pronto, você já sabe sobre domínio, hospedagem e plataforma (CMS). Caso queira aprofundar sobre o processo de criação de como fazer a etapa eu vou deixar aqui embaixo a leitura do artigo do meu ex-sócio e amigo André Lucas:

Lá também terá as informações adicionais sobre temas e plugins para que o seu Blog faça tudo que você queira.

Produza conteúdo

Marketing de conteúdo é essencial para manter um blog ativo e alcançar aqueles objetivos que você definiu lá no início do post.

O grande segredo de um bom conteúdo é sempre priorizar o seu cliente ou a pessoa que você quer como sua cliente.

Coloque sua persona no centro e toda vez que você for criar um conteúdo, seja para sua mídia social ou para o seu blog pergunte para si mesmo se esse conteúdo vai gerar valor para sua persona.

Faça um brainstorming e mapeie quais conteúdos vão ser mais benéficos para sua persona. Pronto, você já tem uma priorização e um ponto de partida.

Uma estratégia de conteúdo eficiente com certeza vai te trazer resultados positivos e é por esse motivo que o número de empresas que adotam essa estratégia no Brasil só cresce.

Segundo a Content Trends 71% das empresas no Brasil já utilizam de conteúdo para alcançar seus objetivos.

Crie um calendário editorial

Tenho um pedido para fazer para você: Tenha um calendário editorial. Sério, isso vai te ajudar muito e você vai me agradecer depois por essa dica.

Na hora de se criar um calendário editorial você não pode esquecer dos itens:

  1. Defina as palavras-chave: Você pode usar a ferramenta Planejador de Palavras-Chave do Google para isso, ela é gratuita. Saiba as Keywords que você deseja alcançar.

  2. Crie os temas e as pautas do seu conteúdo: Qual é o direcionamento do seu conteúdo? O que você quer abordar? Qual valor você deseja gerar para o seu público? Coloque o CTA (Call-To-Action ou Chamada para Ação) aqui.

  3. Etapa do funil: Coloque aqui a etapa do funil. O seu conteúdo é de topo, meio ou de fundo de funil?

  4. Data limite para produção: Até qual dia esse conteúdo estará pronto?

  5. Data da divulgação: Qual ou quais dias você vai divulgar esse conteúdo?

  6. Canais de divulgação: Onde você vai divulgar esse conteúdo? Redes sociais, sites de parceiros, grupos de facebook, whatsapp, newsletter…

Facilitando sua vida, aqui você terá vários templates de calendário editorial prontinhos feitos pela Rock Content.

Redes sociais: criando a estratégia

Você não precisa entender muito sobre as redes sociais para saber que os seus clientes estão nelas. Mas o primeiro passo é entender em quais redes a sua persona está.

Basta olhar o comportamento dos seus consumidores que você saberá para qual rede social direcionar o seu conteúdo.

Essa análise é simples mas tem que ser feita sempre, pois o comportamento das pessoas também muda. Pode ser que a rede social de preferência do seu cliente esteja mudando para uma nova tendência.

Na imagem abaixo você vai conferir uma lista das redes mais utilizadas no Brasil em 2019.

redes sociais no brasil
Números das redes sociais mais utilizadas no Brasil por Hootsuite

Em cada rede citada a cima o modo como se produz conteúdo precisa ser diferente, ainda mais quando correlacionamos o conteúdo com sua persona criada anteriormente.

Primeiro passo: Definir quais mídias sociais

Como você está iniciando uma estratégia de conteúdo eu sugiro fortemente que você comece com no máximo duas dessas redes sociais para conseguir produzir conteúdo de qualidade e crescer sua audiência.

Após esse primeiro momento com o reconhecimento do seu produto, serviço e marca será a hora de ir além. Então você poderá começar a diversificar conteúdo.

Segundo passo: Planejar o processo de criação

O erro mais comum em quem está começando a fazer marketing digital do zero é fazer de qualquer jeito.

Dessa maneira você vai produzir muita coisa, gastar muita energia, recursos e terá uma grande chance de alcançar um total de zero resultados.

O processo de criação é necessário muita criatividade, porém organização e planejamento vão te ajudar muito.

Por esse motivo eu recomendo que você crie um calendário editorial com todos os posts que você deseja produzir na semana ou no mês.

Com esse planejamento feito você não perderá tempo e nem deixará de produzir conteúdo quando não tiver inspirado. Basta seguir o planejamento já feito antes.

3 Ferramentas para redes sociais

Algumas ferramentas facilitarão o seu processo de publicação e são bastante fáceis de utilizar. Vou listá-las e adicionar vídeos que vão te guiar para o sucesso.

Com o MLabs você consegue gerenciar todas as suas redes sociais, ter relatórios fáceis de analisar, agendar todos os posts, criar o seu planejamento e responder as mensagens privadas.

Uma ferramenta com um preço bastante acessível e possui teste grátis.

Você consegue criar e editar lindas artes para sua estratégia com essa ferramenta super intuitiva e com inúmeros templates de criação de arte à sua disposição.

Uma das principais vantagens do Canva é a imagem já vir especificada para cada mídia social.

Você pode por exemplo, buscar artes para postar Stories no Instagram e a imagem já vai vir otimizada com as proporções ideais.

Templates de Stories do Instagram na ferramenta Canva

O Canva é uma ferramenta gratuita mas também possui versão paga com mais features caso seja necessário.

Infográfico é um conteúdo incrível pois consegue transmitir a mensagem de maneira muito rápida e intuitiva em poucos segundos.

A combinação de imagens, texto e é claro uma boa dose de Storytelling faz com que esse tipo de conteúdo possua um alto nível de engajamento e uma grande possibilidade de se tornar viral.

O interesse por infográficos teve seu boom em 2011 e de lá pra cá só vem atraindo mais fãs. Eu inclusive citei um exemplo de infográfico interativo no meu post: Conteúdo Interativo na sua Estratégia 2020.

Esse infográfico abaixo foi feito para informar sobre o Corona vírus ou COVID-19 e fala sobre os sintomas, prevenção e transmissão:

Infográfico sobre COVID-19 do site ECDC Europa
Infográfico sobre COVID-19 do site ECDC Europa

Terceiro passo: Planejamento de publicação e divulgação

Planejamento é a palavra chave aqui, ela vai te ajudar de mais de uma forma. 

A primeira é que você vai ter controle sobre a sua rotina profissional e essa rotina também será percebida pela sua audiência.

Um ótimo exemplo de rotina e planejamento é a página de humor esportivo no Instagram @seficarputoepior

Toda sexta-feira às 18 horas a página faz uma postagem que foi carinhosamente apelidada de Tantã para comunicar o que chamamos no Brasil de #SEXTOU.

Publicação no Instagram da página @SEFICARPUTOEPIOR

Os seguidores esperam ansiosamente para ver o mesmo vídeo toda semana na capa seguido de cenas engraçadas que ilustram a nossa forma brasileira de se viver.

Como a interação já alcançou e fidelizou a audiência dos seguidores, quando chega sexta-feira, já criam conteúdo e marcam a página apenas para dizer que estão aguardando a postagem.

Um exemplo perfeito de como entender a sua persona e criar conteúdo com planejamento e rotina.

Iniciando uma estratégia para as Redes Sociais

Caso você esteja com dificuldade para começar uma estratégia eu vou te ajudar com essa imagem do Blog da Rock Content que traça um caminho para te guiar:

Criando uma estratégia - Rock Content

Então o primeiro passo é definir qual a estratégia da sua rede social, vou definir uma lista de cinco possíveis objetivos que você poderá ter:

  1. Vender produtos ou serviços

  2. Crescer sua audiência

  3. Gerar engajamento com a marca

  4. Criar tráfego para o seu site ou blog

  5. Suporte para seu consumidor ou usuário

Mensurando os resultados

Mensurar resultados nada mais é do que entender se você está se movendo para ficar mais próximo do seu objetivo ou se a estratégia não está dando certo.

Para evitar com que seus resultados estejam ruins ou descolados da sua expectativa o ideal é que as suas redes sociais estejam completas e otimizadas com as informações necessárias para o seu negócio.

E claro, não podemos esquecer do conteúdo.

Veja se o seu conteúdo está de acordo com o seu objetivo. Vou listar alguns pontos mas recomendo que você crie o seu próprio check-list:

  • As imagens estão representando a identidade visual da sua marca?

  • As pessoas interagem nos comentários da forma que você espera?

  • A sua audiência está crescendo de forma constante?

  • Qual tipo de postagem deu certo e qual não deu?

  • Qual foi o meu melhor post? Por que ele foi o melhor?

  • Qual foi o meu pior post? Por que ele foi o pior?

  • Qual horário teve o melhor resultado?

Realizar essas tarefas ao final de cada mês vai te dar uma visão objetiva do que realmente está acontecendo com a produção do seu conteúdo. 

Já deixe reservado doze dias durante o ano para realizar o check-up das suas redes sociais.

Diversifique o conteúdo

Caso você tenha percebido que um conteúdo que você postou em suas redes sociais despertou muito engajamento do seu público você pode e deve usar esse conteúdo em formatos diferentes para divulgá-lo. Você pode criar:

  • Vídeos

  • Stories/IGTV

  • Webinars

  • Infográfico

  • Post de Blog

  • Conteúdos interativos

  • Pesquisa

  • eBooks

  • Case de sucesso

Essa variação é importante pois com diferentes tipos de conteúdo você pode abordar de diferentes formas o mesmo assunto.

Podendo ser mais raso com dicas no Stories do Instagram ou mais profundo com Cases de Sucesso e eBooks.

Garanta a sua produtividade e entrega

Com um planejamento eficiente você conseguirá agendar os posts e evitará que atrasos e os famosos dias com imprevistos pessoais atrapalhem o seu resultado.

Portanto defina sua frequência de publicação nas mídias sociais e use um calendário de publicação para controlar.

Promova e controle seus posts

Na hora de postar nas redes sociais você precisará:

  • Saber qual conteúdo vai ser promovido em qual canal

  • Ter as datas e horários definidos. Lembrando que é legal você espaçar o mesmo conteúdo no tempo para tentar alcançar pessoas diferentes dentro da sua base. Você pode por exemplo postar o mesmo conteúdo no Instagram Stories e no Feed em dias e horários distintos

  • Colocar o objetivo desse conteúdo específico, se é gerar clique, informação, gerar leads ou engajamento

  • Sempre, sempre mesmo! Coloque uma chamada para a ação em seus posts. Ok, a pessoa viu seu conteúdo e gostou. E agora? Tente levar o seu público para um próximo passo de interação com sua marca

  • Atualize o status do post: Conteúdo criado, Publicação Agendada, Publicado

Agora você está pronto para colocar em prática uma nova estratégia de redes sociais. Está gostando desse conteúdo? Quer ver mais conteúdo como esse?

Então segue lá @rafaelmilagre

E fique por dentro de mais conteúdos de Marketing Digital

Cadastre o seu negócio no Google My Business

O mundo de hoje gira em torno (me desculpem terraplanistas) de ter informações precisas, mais rápida e da melhor forma.

Se você realiza o seu serviço em um espaço físico ou se vende produtos essa informação é muito importante para você.

Nenhuma empresa é melhor nisso do que o Google. Por esse motivo, quando pesquisamos qualquer coisa ele nos apresenta a melhor solução.

E lembre-se que algumas dessas buscas possui sim uma intenção de compra.

O Site americano Go-Globe mostra que 60% dos americanos usam os celulares e tablets para procurarem informações de produtos e serviços locais.

Créditos da imagem: Go-Globe - The Importance of Local SEO
Créditos da imagem: Go-Globe - The Importance of Local SEO

E é exatamente por esse motivo que sua solução precisa estar cadastrada da melhor forma nessa incrível ferramenta. 

Afinal, você conhece algum brasileiro que nunca pesquisou nada no Google?

Pesquisa por barbearia na região do Funcionários em Belo Horizonte
Pesquisa por barbearia na região do bairro Funcionários em Belo Horizonte

Essa é uma pesquisa normal que fiz sobre barbearia, o Google pegou e me mostrou o resultado das barbearias próximas a mim.

Porém agora pesquisei uma barbearia que sou cliente aqui em Belo Horizonte, a Barbearia MedieVal. O local possui uma ficha completa no Google My Business para resolver um problema dos seus clientes.

Com essa simples, e grátis, ficha de cadastro no Google você vai conseguir entregar muito valor para os seus clientes.

Como criar um cadastro completo

Lembre-se de realizar o seu cadastro de forma completa, assim quando uma oportunidade encontrar seu negócio no Google ele poderá realizar as seguintes ações:

  1. Reserva on-line: Os clientes conseguem reservar um serviço pelo próprio Google, ou seja, pelo celular ou qualquer dispositivo conectado à internet.

  2. Endereço: O cliente consegue consultar e ir ao local de maneira fácil, criando uma rota ou chamando um Uber.

  3. Avaliação dos clientes: Uma fortíssima fonte de aquisição de novos clientes é apresentar o que os seus clientes já falam, e nesse caso além de avaliações positivas o local possui comentários dos clientes.

  4. Horário de funcionamento: O cliente consegue se programar para ir realizar o serviço.

  5. Imagens do local: Os clientes podem ver boas imagens do local. Por esse motivo invista em boas fotos para atrair novos clientes até o seu lugar.

  6. Produtos e serviços: Você pode divulgar seus produtos e serviços, nesse caso da imagem acima a empresa optou por colocar um link para divulgar sua rede social, o Instagram, onde o cliente pode ter mais informações sobre o negócio, o que é válido.

Ou seja, aproveite dessa ferramenta gratuita para gerar SEO Local e fornecer informações para seus atuais e novos clientes.

Para criar seu negócio no Google My Business agora basta clicar aqui.

Tendências de Marketing Digital para 2020

Com tanta coisa para se aprender, fazer e gerar resultados é necessário entender também o que está chegando com força para ser a novidade, ou a tendência, devido a mudança de comportamento dos consumidores.

As minhas apostas para esse ano são:

Podcast, Audiobooks e Posts com Áudio

A grande vantagem de se ter conteúdo em forma de áudio é a possibilidade de fazer duas coisas ao mesmo tempo.

Esse é um dos motivos do rádio nunca ter saído de moda, mesmo em 2020 ainda atraem e mantém uma grande audiência.

Você pode consumir conteúdos relevantes enquanto trabalha, corre, estuda ou em várias situações onde consegue conciliar um conteúdo auditivo e uma outra atividade, como por exemplo, dirigir um carro.

A principal vantagem é a otimização do tempo.

Investir nesses tipos de conteúdo é uma ótima iniciativa para mercados educacionais e informativos, pois ficar atualizado e aprender algo novo é sempre bom em momentos onde precisamos aproveitar melhor nosso tempo.

As principais ferramentas são:

1 – Vooozer: Áudio Marketing focado em resultados. Essa ferramenta incrível pode transformar em um podcast e ainda narra os seus conteúdos e os insere dentro do post, gerando captura de leads

2 – Spotify: Plataforma mundial com milhões de ouvintes. Se você está cogitando ter um podcast em 2020 vale a pena ver a possibilidade de inserir e divulgar no Spotify

3 – Audacity: Software Open Source muito bom para você editar e melhorar as qualidades do áudio

4 – Ardour: Um dos softwares mais famosos para gravação e edição de áudio. Disponível para Windows, macOS e Linux

5 – Soundcloud: Ótima ferramenta para você publicar o seu conteúdo de áudio. Tem a possibilidade de ter comentários, interação com quem te segue e estatísticas.

Chatbot e robôs de automação

Muitas empresas já estão utilizando de automação na comunicação com o cliente, isso acontece dentro do site, nos e-mails e agora também estão integrando com a ferramenta de comunicação Whatsapp.

Essa automação visa dar mais poder ao usuário e maior agilidade, respondendo as dúvidas no momento em que o cliente possui e conduzindo para a jornada de compra de maneira mais rápida.

O sucesso da comunicação programada pode ajudar com dúvidas, informações e até na geração de receita adicional para o seu negócio.

Inteligência artificial no Marketing Digital

A inteligência artificial assim como a internet a alguns anos atrás chegou para ficar.

Os investimentos em tecnologia para entender cada vez mais o comportamento humano e entregar experiências personalizadas só aumentam.

O foco dessa tecnologia é para melhorar o que chamamos de experiência do usuário, ou UX, e isso pode ser refletido em assistentes de voz e telas interativas.

A inteligência artificial também pode ser utilizada para qualificar melhor suas leads e prospects, usando dados em larga escala para facilitar e determinar quem é o seu cliente ideal.

Vídeos

Sim, vídeos! Se você está lendo tendências de Marketing Digital nos últimos anos vai perceber que vídeos sempre esteve como tendência.

Porém realmente a tendência é para que os vídeos continuem ganhando mercado e espaço na vida das pessoas.

E isso pode ser comprovando com esse estudo da Cisco que prevê que 82% de todo o tráfego da internet em 2021 seja gerado por vídeos.

Isso é facilmente entendido quando olhamos para o cenário atual e vemos a guerra pela audiência dos serviços de stream entre Netflix, Amazon Prime, GloboPlay, Google+, Apple TV e outras infinidades de opções.

Chegou ao fim meu guia completo para você que está aprendendo Marketing Digital do zero.

Esse artigo completo foi feito com o objetivo de ajudar pessoas como você a aprenderem marketing digital do zero e se desenvolverem para alcançar resultados incríveis.

Espero ter contribuído com sua jornada de aprendizado. Se você sentiu falta de algum tema me manda nos comentários pois vai ser um prazer melhorar esse artigo para mais pessoas aprenderem.

Aproveita e se inscreve na lista de e-mails para receber atualizações de conteúdo totalmente grátis.

Gostou do Compartilha!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Rafael Milagre
Rafael Milagre

Especialista em Marketing Digital e Marketing de Conteúdo

Gostando do conteúdo?

Inscreva-se para receber mais no seu e-mail

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

Log in as an administrator and view the Instagram Feed settings page for more details.

© - Rafael Milagre